Adelio Sarro
Quadro ‘Maré Alta’ (Foto: Reprodução)

Fortaleza recebe, nesta quinta-feira (1º), vernissage do artista plástico paulista, Adélio Sarro. Após seis anos longe do Ceará, o artista abre exposição nos refinados salões do Hotel Gran Marquise, localizado na Avenida Beira Mar, para exibir 34 peças da sua extensa obra. O artista, que já percorreu os principais centros culturais do mundo, deixará parte da sua obra exposta até o dia 31 de julho. Sarro conta com uma obra que abrange mais de cinco mil pinturas e 130 esculturas monumentais de concreto.

As cores e as matizes de Sarro são típicas para a América do Sul. Os trabalhadores do campo são a temática principal da obra do artista. O Universo de Sarro, que vai ser exposto em Fortaleza, é composto de personagens, de trabalhadores rurais que, em seus quadros, ocupam a maior parte da tela. O trabalho duro caracteriza-se por braços, pernas, mãos e pés com dimensões exageradas, assim como por feições muitas vezes carregadas, mas o conjunto todo, na maioria das vezes, com animais e instrumentos musicais, produz um efeito suave, multicolorido e harmônico.

Nesta passagem, o artista expõe a sua visão do Brasil contemporâneo. Ele chama a atenção do observador aos problemas como violência e pobreza, ao mesmo tempo realçando os aspectos positivos como música, beleza natural e esportes.

A exposição de Fortaleza será contemplada em pinturas a óleo. Para Sarro, a arte é feita pra ser vivida e sentida, vir a Fortaleza é viver essa existência da arte num lugar de sua predileção. “Tenho forte ligação com o Ceará, aonde tenho domicílio e me refugio em boa parte do inverno europeu”, declara.

Serviço:
Vernissage Adelio Sarro
Foyer do Salão Spazio do Hotel Gran Marquise (Avenida Beira Mar, 3980)
Data: 1º de junho – 18 horas